Diferente do que muitos acreditam, a aromaterapia vai muito além de usar óleos essenciais para experimentar a sensação de tranquilidade e calmaria depois de um dia estressante. 

É um processo bem amplo, havendo, inclusive, aromaterapeutas, que são os profissionais especializados em aromaterapia, que fazem um uso eficaz e seguro dos óleos essenciais.

O que significa que para usar os óleos essenciais da maneira correta, garantindo todos os benefícios com segurança, é preciso estudar bastante. 

Hoje, neste conteúdo, nós vamos te explicar melhor o que é a aromaterapia e seus benefícios, além de te mostrar como você pode se capacitar para se tornar um aromaterapeuta. 

O que é aromaterapia?

A aromaterapia é uma técnica milenar natural em que são utilizados óleos essenciais para auxiliar no tratamento de diversas condições físicas e mentais, já que os óleos possuem ações terapêuticas evidenciadas pela ciência.

Importante ressaltar que os óleos utilizados são de origem natural. Eles são extraídos das plantas a partir de várias técnicas químicas, e depois analisados antes de serem comercializados, evitando assim adulterações e outros problemas associados.

A utilização dos óleos pode ocorrer de várias formas, sendo as principais:

  • Via inalatória - onde são utilizados nos ambientes para trazer sensações olfativas. Geralmente exigem o uso de equipamentos, como um difusor ultrassônico.
  • Via tópica - sendo que alguns tipos de óleos podem ser aplicados em pontos específicos do corpo.
  • Via oral - alguns óleos essenciais não devem ser ingeridos, então é importante buscar orientação de um profissional antes de utilizar os óleos dessa forma.

E não vá pensando que a aromaterapia é algo recente não!

Embora tenha sido incluída na nossa vida social com maior atividade no início do século 20, a prática remonta há pelo menos 3.500 anos antes de Cristo.

Quais são os benefícios da aromaterapia?

Dentre os benefícios mais interessantes que o uso seguro da aromaterapia pode nos proporcionar, destacamos:

  • Deixa o sistema imunológico mais fortalecido.
  • Ajuda a melhorar o humor e a disposição.
  • Pode contribuir para aumentar a concentração e o foco nas atividades cotidianas.
  • Auxilia nos sintomas de ansiedade e depressão.

Lembrando que existem vários aromas de óleos essenciais utilizados na aromaterapia, e que cada um deles trará benefícios e sensações diferenciadas. 

Por esse motivo, inclusive, é tão importante fazer o uso da técnica com o acompanhamento de um profissional capacitado!

O que faz um profissional da aromaterapia?

Atuar como um aromaterapeuta envolve muito conhecimento e diversas abordagens, considerando que, como explicamos anteriormente, os óleos essenciais podem trazer variados benefícios.

Dentre as atividades mais realizadas por um aromaterapeuta, temos:

  • Realizar avaliação do cliente para atender as necessidades dele, observando pontos como o histórico de saúde, a vida cotidiana e os objetivos do atendimento.
  • Definir, a partir das informações colhidas, quais os melhores óleos essenciais e formas de aplicações para trazer resultados ao cliente, buscando ainda respeitar as contraindicações de cada um, evitando problemas como alergias, interações medicamentosas e outras reações.
  • Estipular a diluição segura e períodos de uso para cada cliente, buscando assim um processo integral que os auxilie verdadeiramente.

Como podemos ver, a aromaterapia é uma prática importante, e que deve ser feita com o máximo de profissionalismo, respeito ao próximo e atuando com segurança para manter a saúde dos clientes.

Como se tornar um profissional da área?

Se você chegou até aqui é porque tem interesse na área de aromaterapia, seja em utilizar para melhorar sua qualidade de vida, seja para desenvolver um novo rumo profissional, se tornando aromaterapeuta.

Então seguem algumas informações pertinentes para te auxiliar no processo:

Não é preciso nível superior

Para atuar como aromaterapeuta você não precisa fazer uma faculdade ou especialização em nenhuma área, mesmo na área da saúde.

Caso você já tenha, será ótimo, já que a aromaterapia “pede” que você conheça o funcionamento do corpo e mente humana, para assim promover melhorias.

A formação acontece via capacitação

Para ser um aromaterapeuta você vai precisar então realizar cursos específicos, sendo que os principais são focados em fornecer ao profissional os seguintes conhecimentos e práticas:

  • Compreender as composições químicas e farmacológicas dos óleos;
  • Saber as principais restrições de uso, a exemplo de bebês e gestantes;
  • Ter noções de anatomia e fisiologia humanas;
  • Aprender os vários métodos de uso da aromaterapia e quais ferramentas são úteis para maximizar o uso dos óleos essenciais obtendo o maior e melhor benefício possível. 

Além de muitas outras informações, fornecidas conforme você realiza os cursos especializados indicados e vai praticando e ampliando seus conhecimentos na área.

Você sabia que nós temos um curso de extensão em aromaterapia? Ele visa introduzir os alunos nos estudos da área, desmistificando a ideia de que a aromaterapia não tem suporte científico. Clique aqui para conferir. 

A aromaterapia é uma excelente profissão!

E que está crescendo cada vez mais no mercado atual, onde as pessoas buscam por formas naturais de cuidar do corpo e da mente.

Então o que você está esperando? Confira nosso curso de extensão sobre Estudos científicos na área de Aromaterapia, e inicie essa jornada para o autocuidado seguro.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da EID.
No items found.
compartilhe
Ao clicar em "Aceito", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar sua experiência de uso em nosso site, análise de dados e assistência com ferramentas de marketing. Veja nossa política de privacidade para mais informações.