Como criar e manter uma rotina de exercícios físicos

POSTADO EM
01
.
06
.
2022
|
Saúde e Desenvolvimento

Todos temos aquele sonho, aquele desejo de se ter uma rotina de exercícios magnífica, daquelas em que conseguimos realizar todas as atividades, não faltar nenhum dia, e ver o corpinho tomando a forma desejada.

É isso que vemos nas redes sociais, por exemplo, e quando não damos conta, o sentimento de fracasso surge, certo? 

Só que a verdade é que ter uma rotina de exercícios físicos é possível, desde que você saiba como criá-la da forma correta. 

E adivinha? É exatamente isso que você verá neste conteúdo. 

Dito isso, continue a leitura para descobrir como criar e manter uma rotina de exercícios físicos - de forma leve, tranquila e gostosa. 

5 Dicas para criar e manter uma rotina de exercícios físicos

Nós reunimos as melhores dicas a respeito para que você consiga sair do zero, criando uma rotina de exercícios físicos, de uma forma que te ajude a não apenas se exercitar, mas aproveitar bem a rotina criada e ver os ganhos para a sua vida.

Quer saber que dicas são essas? Veja abaixo. 

1. Defina metas

Mas daquelas realistas, capazes de serem alcançadas de verdade. 

Do contrário, você viverá com muitas frustrações, o que obviamente poderá atrapalhar muito a sua rotina de exercícios.

Dentre metas possíveis, temos: correr um quilômetro; conseguir levantar tantos quilos com certo aparelho; realizar alguns movimentos específicos de uma arte marcial; etc.

Mantendo tudo dentro de situações possíveis, você poderá se colocar numa rotina de exercícios mais confortável e que te ajude de verdade a ter saúde e disposição.

2. Faça atividades que te agradam

Nem todo mundo gosta de malhar na academia, praticar artes marciais, jogar futebol ou basquete, dentre outros. E não existe nenhum problema nisso!

Manter uma boa rotina de exercícios vai exigir então que você concentre o seu tempo em atividades físicas que realmente te agradem, e que te ajudam a manter uma boa rotina.

E caso você não saiba bem o que gosta, vá experimentando! 

Veja as opções, participe de aulas teste, e avalie como você se sente, para assim se colocar num local confortável de verdade.

3. Seja paciente

Uma rotina de exercícios não é tão fixa e perfeita como a maioria das pessoas imagina!

Existem, sim, os dias em que corpo e mente estão tão cansados que não dá vontade alguma de se exercitar.

E o que deve ser feito a respeito disso é: não transformar esses dias em rotina.

Mas aprender a lidar com eles, escutando seu corpo quando ele precisar de um dia extra de descanso.

E a paciência será essencial ainda em outro ponto: na sua evolução.

Atividades físicas são importantes, mas os resultados demoram um bom tempo para se tornarem visíveis.

Por isso, tenha paciência, siga sua rotina de exercícios que logo você começa a atingir suas metas.

4. Tenha acompanhamento profissional

Manter uma boa rotina de exercícios exige acompanhamento profissional, uma vez que, com um profissional de educação física capacitado e apto a te guiar, você irá colher alguns bons benefícios, como:

  • Receber ótima orientação a respeito de como realizar cada atividade física, evitando lesões ou exercícios que não agregam em nada ao seu corpo;
  • Ter o desenvolvimento de treinos e atividades pensadas para as suas necessidades, o que ajuda a deixar o processo ainda mais agradável;
  • Ser motivado pelo próprio profissional.

Lembrando que, uma boa rotina de exercícios exige também uma boa rotina de alimentação, que te proporcione a energia necessária para se exercitar e ainda realizar as demais atividades do seu dia a dia.

Então investir num profissional de nutrição também será um bom auxílio para que a sua rotina de exercícios possa efetivamente acontecer.

E quando falamos sobre acompanhamento profissional, estamos falando também sobre cursos na área que podem te guiar lindamente neste processo, como é o caso do Desperte Saúde, um curso da EID em parceria com Raphael Bonatto, especialista em qualidade de vida e saúde. 

Esse curso te ajuda a criar, e manter, uma rotina saudável, de exercícios físicos e equilíbrio mente-corpo. Com atividades, planos de ação e até ferramentas ligadas à inteligência emocional. 

Bacana, né?

5. Use ferramentas

Existem vários tipos de mecanismos que podem ser utilizados para que a sua rotina de exercícios possa acontecer, como:

  • Aplicativos - tanto os focados em atividades físicas, quanto aqueles de agendas, que te ajudem a incluir melhor a sua rotina de exercícios no seu dia a dia e a manter uma constância de atividades.
  • Agendas físicas - para quem não gosta de aplicativos, que tal utilizar as agendas físicas para colocar a rotina de exercícios no seu cotidiano? Pode ser muito mais simples e prático, exigindo apenas uma ou duas pausas semanais para organização.
  • Painéis - daqueles que você fixa na geladeira ou em locais visíveis da sua casa, e assim pode colocar os itens importantes da sua agenda semanal à vista, ajudando a fixar melhor a ideia da rotina de exercícios.

Levante do sofá, seja consistente e saia do sedentarismo de uma vez por todas 

Manter uma rotina de exercícios irá exigir um pouco de organização, mas principalmente ajustes quando for necessário, de maneira que você consiga realizar as atividades dentro dos seus limites e sem maiores preocupações.

E assim você poderá se colocar no caminho para uma vida mais saudável física e mentalmente, com a rotina de exercícios como um dos aliados para garantir um cotidiano mais agradável.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da EID.
No items found.
compartilhe
Ao clicar em "Aceito", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar sua experiência de uso em nosso site, análise de dados e assistência com ferramentas de marketing. Veja nossa política de privacidade para mais informações.